Diario de um leiturista

Revolta no terminal

Posted in diário de um leiturista by Ribamar Costa on 30/09/2010

Revolta no terminal

Revolta no terminal - foto 01 By Ribamar Costa

Era terça-feira e eu havia decidido ir de bicicleta para a Caema, na verdade eu já fiz algumas vezes e este seria mais um dia de pedaladas pela cidade. São cerca de 30 a 35 minutos da minha casa até a Cohab e eu já estava no São Cristóvão, próximo do terminal, quando percebi que algo estava errado por alí… Havia um grande tumulto dentro e fora do terminal, pessoas e ônibus tudo misturado, ninguém conseguia sair do lugar. Eu logo deduzi que finalmente a população se revoltou com a situação precária dos transportes coletivos: carros sempre lotados, sempre atrazados, e em número gritantemente insuficiente. Esperas de quase uma hora no terminal para poder tentar se engalfinhar pra pegar a condução, fora claro muitas linhas que tem veículos em situação de conservação vergonhosa, verdadeiras latas de lixo ambulantes, que expõem os usuários a além dos riscos normais de acidentes, ainda contrair TÉTANO de tão enferrujados que estão. Como eu tava indo pro trabalho e ainda tinha muito chão pela frente, fiz algumas imagens com meu celular peba e toquei pra frente. Dando graças a Deus por não ter ido de ônibus nesse dia, porque a peleja demorou a ser solucionada.

Fica registrada a revolta da população e a confirmação de que se o povo quiser mesmo, ele pode se fazer ouvir. Vamos todos pensar nisso nesta semana de eleições e eu torço para que suas escolhas nas urnas sejam pautadas pelo desejo do bem comum a todos os cidadãos.

Cheagada da PM

Chegada da PM - foto 02 By Ribamar Costa

Anúncios

Deu na folha de São Paulo? Microsoft critica posição do governo brasileiro sobre o software livre

Posted in Computadores e Internet by Ribamar Costa on 17/09/2010

Microsoft critica posição do governo brasileiro sobre o software livre

O presidente da Microsoft na América Latina, Hernán Rincón, mandou um recado ao governo brasileiro: a inovação de softwares não acontece nas mãos de governos e sim do setor privado.

A declaração foi feita após ele ser questionado sobre a posição do governo brasileiro de apoio a programas com código aberto, como o Linux.

Em encontro com jornalistas da América Latina em Bellevue, Estado de Washington, ele disse na manha desta terça: “Os governos têm que se perguntar: o negocio deles é servir os cidadãos ou desenvolver software? A inovação está no setor privado”.

Segundo Rincón, programas livres demandam mais trabalho e investimento do governo para mantê-los funcionando e atualizados — o que não aconteceria quando empresas cuidam disso para o governo.

O executivo, porém, disse que os dois modelos –software aberto e fechado– continuarão a coexistir… Para ler a matéria completa clique aqui.

———————————— Minha Opinião ————————————

É incrivel o interesse desses “executivos” mercadores pelo bem-estar do Brasil, principalmente quando se trata de assuntos estratégicos como a comercialização dos produtos deles para nós.  O Brasil tem conhecimento técnico e recursos naturais para se auto suprir em diferentes áreas, mas pensadores como este Sr. Hernán Rincón, da Micro$oft, é que ao longo dos séculos de pilhagem de nossas riquezas inclusive intelectuais, condenam o Brasil (com explícito apoio de nossos governos é claro) a ser este paizinho de 3º mundo que somos hoje.  Um exemplo disso é fato de que embora Santos Dumont tenha iniciado séculos atrás seus estudos sobre construção de aeronaves, e com sucesso reconhecido mundialmente, o Brasil se vê obrigado a importar aviões de combate para a nossa Força Aérea.  Mas parece que pelo menos no que tange a softwares temos trilhado um outro caminho, e isso lógico, desagrada aqueles que sempre mamaram nas fartas tetas do nosso amado Brasil.

Participe do movimento blgs unidos

Licença Creative CommonsThis work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 Brazil License.