Diario de um leiturista

Leiturando pela vida

Posted in diário de um leiturista by Ribamar Costa on 30/11/2009

Olá pessoal, tudo bem com vocês???

Antes de qualquer coisa, votem na enquete bem aí do lado olha==>:
Bom, como eu havia prometido, continuamos aqui divulgando nossas aventuras e roubadas desse vida louca no diário de um leiturista.  Dessa vez algumas fotos pra falar do que a gente vê por aí.

Pras bandas do final do Cohatrac tem uma igreja… uma igreja bonita e que literalmente está mostrando JESUS para todos ao seu redor:

Mostrando Jesus

Mostrando Jesus

Agora falando do nosso trabalho mesmo, olha só a moleza, depois o cliente ainda vai na loja reclamar porque colocamos a conta no portão e o cachorro comeu ou o vento levou, fala sério né!

Tijolos obstruem caixa de correios

Tijolos obstruem caixa de correios

Já esta outra justifica porque nós leiturista queremos adicional de insalubridade… he he he…

Querem pegar tétano?

Querem pegar tétano?

Aqui temos uma situação típica do dia-a-dia de muitos trabalhadores em nossa cidade, ônibus super-lotados e em condições precárias.

Sufoco pra subir No Onibus

Sufoco pra subir No Onibus

Olha só a situação desse banco onde o casal está sentado.

Bancos Caindo

Bancos Caindo

Esta última é um acesso a uma comunidade do Anil, bem pertinho aqui do viaduto (Anil-Cohab-Turú), quem passa de carro ou de ônibus não consegue ver esta vergonha.  E assim caminha a humanidade, a humanidade maranhense entanto, se arrasta.

Ponte Da Vergonha

Ponte Da Vergonha

Tô indo nessa um grande abraço!
Ahhh… votem na enquete: Você gostou da nova logo-marca da caema?
Fui!

Logo marca encomendada

Posted in diário de um leiturista by Ribamar Costa on 26/11/2009

Logo marca encomendada.

Não sou, não me considero nenhum artista. Mas vez por outra sou solicitado por alguém, ou me ofereço mesmo para fazer, atualizar ou melhorar algum símbolo/logo-marca. Digo logo: isso ocorre com largo intervalo de tempo entre uma e outra atividade 🙂

Estes dias uma colega (leiturista) mesmo me pediu para criar uma logo-marca para um serviço de “Sonorização automotiva” – Aqueles carros com som em cima que saem fazendo propaganda por ai de produtos, serviços e eventos. Vamos lá, disse eu, ouvi o que ela pensava sobre a marca e comecei a traçar no papel mesmo minhas primeiras impressões. Da minha própria lavra saiu a idéia que se segue abaixo:

Rascunho para logo-marca

Este rascunho vai ganhar vida no Inkscape

Claro, é um rascunho, mas mostra o que pensei na hora. O outro já baseado no que entendi que a cliente deseja, é um tanto mais simples, ficando em destaque o pequeno carro em perfil. Das duas idéias já tenho a primeira concluída e que vocês dêem suas opiniões:

Logo Marca para colega

Este desenho foi criado o InkScape

A outra ainda estou trabalhando nela. O espaço fica aberto para críticas, sugestões e o que mais vocês quiserem dizer.

Por falar em logo-marca, vou externar minha insatisfação com a mudança que está sendo enfiada goela abaixo em todos os habitantes do Maranhão. Não se sabe baseado em que, e transbordando mal-gosto, está no ar desde o dia 09 de novembro a nova marca da Caema que agora passou a se chamar “Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão” Tudo isso parece piada e de péssimo gosto. A primeira lugar o amadorismo da tal “Nova Marca” que com certeza muitos meninos com menos de 15 anos poderiam ter criado em qualquer software de pintura como por exemplo no *MSPaint… Ou ainda mesmo usar uma *WordArt para tal serviço, de tão tosco e rudimentar que é esta nova marca. Quantos mil ou milhões estarão por trás desse novo “Trabalho”?

A Segunda piada está em chamar a Caema de Companhia de Saneamento Ambiental, faça-me o favor! Penso que não pode existir (dentre suas iguais no Brasil) empresa menos compromissada com o Meio Ambiente do que esta nossa companhia. Para confirma isso basta dar uma volta na cidade, pelas grandes avenidas, praias e recantos das periferia. Em todas as partes da querida São Luís estão espalhados os dejetos de décadas de administração descompromissada e politiqueira, independente da vertente do governo que a domina. O que dizer das permissões de construção para os luxuosos condomínios à beira da orla marítima ou mesmo nos arredores da Lagoa da Jansen, quando é fato que nenhum tratamento é dado aos dejetos que dalí se desprendem em direção ao tal “meio ambiente”? E o valor que se dá pra água? Certa ocasião, perguntaram para o atual presidente: – Porque a Caema não investe em mais hidrometros? E ele respondendo explicou que: “Para a Caema não é interessante instalar mais hidrometros, posto que o aumento na arrecadação só iria acontecer no primeiro instante, quando as pessoas percebessem que estavam pagando mais do que quando não tinham hidrometro, elas iriam economizar água e consequentemente, o faturamento iria cair ou mesmo reduzir…

É seu presidente, quer dizer que é melhor manter o faturamento do que economizar água??? É isso mesmo?

Finalizo este post com um comentário do Haroldo Saboia, que reproduzo tal qual saiu no Jornal Pequeno, quem quiser confirmar basta seguir o link no final do comentário:

ANTONIO ALMEIDA
Um dos mais belos trabalhos do gênio maranhense Antonio Almeida, poeta, pintor e escultor foi abandonado. Jogaram ao lixo a gota d’água, a pequena rã e os dois pequenos peixes que configuravam o logotipo da CAEMA.

Tecnocratas de Brasília, com certeza pagos a preço de ouro pelo governo biônico,criaram um chamado programa de comunicação visual da companhia,agora com outra marca   e denominação.

Água que é bom, nada…

LINK: http://www.jornalpequeno.com.br/2009/11/16/Pagina128095.htm